segunda-feira, 22 de janeiro de 2007

:: Gerenciamento de fontes
Vivo recebendo perguntas sobre fontes. Qual o melhor tipo? Como instalar? Há problema em utilizar a pasta de fontes do sistema ou é melhor um gerenciador externo? Fontes talvez seja um dos assuntos mais importantes e menos levados em consideração quando se trata de editoração eletrônica. É, sem dúvida, a causa de 90% dos problemas em bureaus e gráficas e deve ser um assunto que deve ser levando em consideração tanto quanto o formato de arquivos o ou software de editoração.

Quanto ao gerenciamento é imprescindível utilizar um gerenciador de fontes. Utilizar os gerenciadores do próprio sistema, tanto no Windows quanto no Mac OS X, não é recomendado nem eficiente, sobrecarrega o sistema, deixando-o lento.

O gerenciamento manual, copiando e removendo as fontes da pasta de fontes do próprio programa não é nada produtivo, a não ser que você utilize poucas fontes e em poucos projetos. (O InDesign e o Illustrator possuem uma pasta para fontes (Fonts) dentro da pasta de instalação do programa.)

A melhor maneira de gerenciar fontes é mesmo um programa específico para esse fim. Depois da descontinuidade do ATM, ainda não encontrei um substituto a altura. No Windows utilizo o Suitcase, da Extensis, mas a versão para Mac eu não gosto, ainda não se acertaram muito bem o Mac OS X. Para Mac existem boas opções, uma delas gratuita. A que uso é o FontAgent Pro, da Insider. É bem estável e dá conta do recado. Para quem gosta, tem plug-in de ativação para InDesign, Illustrator e Quark. Mas, talvez a melhor opção para Mac (falando em custo) seja o FontExplorer X da, Linotype. Possui uma interface boa, intuitiva, similar aos outros gerenciadores de fontes e consegue gerenciar fontes TrueType, PostScript e OpenType.

Quanto ao formato de fonte, evite, tente nunca utilizar as fontes TrueType. Se for mesmo imprescindível, transforme em curvas para garantir que tudo ocorrerá sem problemas na impressão. Opte sempre por fontes PostScript ou OpenType. A fonte OpenType, apesar de não ser um formato novo (a primeira foi desenvolvida em 2000 pela Microsoft em conjunto com a Adobe), ainda existem alguns RIPs que apresentam problemas com elas. Certifique-se com seu provedor de serviços gráficos se pode utiliza-las sem problemas. Mas as velhas e confiáveis PostScript, podem ser utilizadas sem medo!

24 comentários:

Magdy disse...

Parabéns pelo Blog!

Minha dúvida não é sobre fonte, mas sim sobre workspace no indesign. Como não sabia onde postar essa dúvida, resolvi fazê-lo aqui q é o post mais recente.

O que acontece é o seguinte: eu arrumo meu workspace no indesign, coloco para que fiquem no modo de recuar nas laterias, mas toda vez que eu reinicio, ele bagunça, fica um emcima do outro. Como posso arrumar isso? existe algum jeito, é um bug?

Espero que posso me ajudar pq realmente isso ta me deixando doido... heheh

Valeu!
Mais uma vez parabens pelo Blog!

Vitor Vicentini disse...

Para manter o seu workspace organizado, coloque as paletas da maneira que desejar e vá ao menu Windows > Workspace > Save Workspace, para salvar a sua área de trabalho.
abs,
Vitor

Fábio Gonçalves disse...

Vitor;

O Font Agent Pro não é mais gratuito?

Valeu

Vitor Vicentini disse...

Fábio,
O Font Agent, que eu saiba, nunca foi gratuito. O que é gratuito é o FontXplorer da Linotype (http://www.linotype.com/fontexplorerX?).
abs,
Vitor

Pedro Assumpção disse...

Oi Vitor,
você comentou sobre o Suitcase para mac que não está lá essas coisas ainda. A minha dúvida é sobre um recurso que ele tem no mac, o Font Sense. Você já usou? Qual sua opinião sobre ele?
Abs.
Pedro.

Vitor Vicentini disse...

Pedro,
Andei tendo tantos problemas com o Suitcase que desisti dele no Mac,uso no PC mas estou testando outras opções. O Fontsense seria um ótimo recurso, especialmente para aquelas pessoas que não são organizadas na instalação de fontes. Eu nunca senti falta de que o software identifique a versão da fonte instalada, tenho sempre apenas uma versão de cada instalada.
abs,
Vitor

Egeu Laus disse...

E o ATM Light ( que continua) nao 'e boa opcao??

Egeu Laus disse...

E o ATM Light (que continua sendo distribuido) nao e' uma boa opcao??
Abraco!

Vitor Vicentini disse...

O ATM Light continua sendo distribuido, mas foi descontinuado, além de não funcionar nem no Vista nem no Mac OS X. Abs. V.

Superleosam disse...

Dois anos depois, um novo comentário...
Na Gráfica que trabalho utilizo recentemente o FontExplorer X 4.0 no Windows 7 a fim de testar o gerenciamento das fontes. Se mando importar mais de 60.000 fontes True Type e Open Type, após fechar o programa ele não abre mais. Estou procurando soluções, se alguém souber o que fazer...

Vitor Vicentini disse...

Superleosam,

Qual é a finalidade de carregar 60.000 fontes em um sistema?

Não existe gerenciador de fontes ou sistema operacional que possa gerenciar essa quantidade de fontes.

Caso você não se lembre, uma fonte é um software e cada software utiliza recursos do sistema operacional e dos programas que as vão utilizar.

Mesmo que o FontXplorer volte a abrir, nenhum outro programa vai funcionar. Não vão conseguir carregar 60.000 fonte no menu de fontes.

Boa sorte,
Vitor Vicentini

Superleosam disse...

Obrigado pela resposta Vitor. Só instalamos aqui umas 1000 fontes por vez, 60 mil seria o todo que não deletamos por medo de precisar de alguma fonte estranha. O programa agora voltou a trabalhar. Bastou deletar milhares de fontes repetidas Type 1 e outras corrompidas. Parabéns pelo Blog, agora que voltei a diagramar no InDesign vou dar-lhe umas visitas.

Francisco Gideon Almeida de Oliveira disse...

oi, parabéns pelo seu blog, é show de bola.
Sou novo no Indesign, abriga é sempre com as fontes, não sei o que fazer, já coloquei as fontes dentro do diretório FONT dentro do Indesign, já destei usar Navegadores de Fontes e mesmo assim o Indensign diz que não encontrou a fonte, por exemplo: um arquivo pediu a fonte Arial (TT), eu vou no Navegador e instalo TrueType e ele não reconhece, eu instalo a OTF e ele não reconhece, o que deve ser??? isso acontece com várias fontes, e quando eu mando ele substituir pela arial que eu instalei, ele altera os espaço de alguns textos, se eu abrir um livro, ele mexe no texto e isso não pode, não sei mais o que fazer.

Vitor Vicentini disse...

Francisco.
Em primeiro lugar esqueça as fontes TrueType! Elas não tem qualidade de impressão e sempre vão apresentar algum problema de compatibilidade. Na tela tudo está bem, mas no momento da impressão não imprimem corretamente.
O ideal é mesmo trocar para as fonte Open Type, que além de ter a qualidade das fontes PostScript, utilizam o mesmo arquivo para Mac e para PC.
Tome cuidado também com as fontes Open Type que vem com o Windows. Na verdade elas são apenas uma conversão das fontes TrueType para o formato OTF e também podem apresentar problemas. Fontes que são instaladas pelo sistema operacional nunca devem ser utilizadas para pré impressão. Deve ser por isso que você está tendo problemas com essas fontes.
Tente conseguir fontes Open Type que não sejam as que vem com o Windows e instale. Elas funcionam com o InDesign. O problema de recorrer o texto é porque as fontes que você utilizou no início do trabalho não são as mesmas, possuem kerning diferente e, mesmo possuindo o mesmo nome, provavelmente foram desenvolvidas por outros fabricantes.
Boa sorte.
Um abraço,
Vitor Vicentini

Gideon, será nome de um Deus? disse...

Obrigado pela resposta.
O pior é que eu a maioria das vezes recebo o arquivo já feito, pense abrir um arquivo com mais de 300 paginas e o texto mudar, a maioria dos arquivo é por pessoa que também não sabe mexer direito, vem com fotos RGB, sem sanguia etc.
E as fontes True Type, ensinaram pro meu avó, ele passou pro meu pai, e passou para mim, hihi pense mudar radicalmente, é como se dissese para mim que o windows não é o centro do universo e sim o mac, desde pequeno me ensinaram assim, haahaha.
Obrigado, vc é incrível, parabéns.

Érika disse...

Massa demais êste blog. Clareei dúvidas antes de perguntar. Mas ainda tenho mais dúvidas. No meu computador, no Jornal Clique instalei as fontes que uso, e usei o ATM e o Bitstream (não lembro como escreve), e tudo funciona bem. Não tenho problemas. Mas instalei da mesma forma em outros computadores para outros ajudarem na diagramação do jornal, e na hora de abrir aparecem as fontes inexistentes. Pensei que era conflito entre os dois gerenciadores. Mas na minha máquina fiz da mesma forma e não tive problema. O quê pode ter sido?

Vitor Vicentini disse...

Erika,
dois gerenciadores de fontes? Isso pode ser uma fonte de conflitos. Mas no seu caso está mais parecendo um problema de permissões. As outras máquinas onde você está instalando não tem restrições de permissões de instalação? Verifique isso.
Boa sorte.
abs,
Vitor Vicentini

Érika disse...

Obrigada Vitor Vicentini. Verificarei isto depois. Mas certamentes não se deve ter 2 gerenciadores de fontes, né? mas este problema de ter que localizar fontes a cada abertura de pag de jornal, só acontece num computador. Em casa, e em outros computadores usao o atm e o bitstream. Mas verei o que vc falou.
Valeu.
Conheça o jornal.
www.jornalclique.com.br

Gideon, será nome de um Deus? disse...

Boa tarde Vitor Vicentini.
Obrigado pelas suas dicas, são show de bola.
Ainda não conseguir resolver o problema com fontes no Indesign, eu estou com o CS5.
Veio um arquivo do cliente, e pediu a fonte Optima Bold.ttf, eu baixei ela na net e instalei pelo Font Navigator que vem com o corel e coloquei também na pasta de fonte do indesing, ele abrir, mais alterou o arquivo, mudou as entrelinhas dos textos, os textos em Bold, ficou como se não tivesem espaço entre as palavras, tudo junto, em outros arquivo s´´o mudou as entrelinhas, imagine isso no livro com várias páginas, o que você acha que deve ser isso? sempre que recebo um arquivo no indesign é sempre a mesma dor de cabeça, problema com fonte, instalo a fonte e o indesign não reconhece e quando eu coloquo manualmente, ele altera o texto.
Por favor hheellllp.
Obrigado.

Vitor Vicentini disse...

Gideon,
O problema não é o InDesign, o problema são as fontes True Type. São fontes sem qualidade e nada garante que a fonte que você descarregou da internet é a mesma que o seu cliente usou. Nesses casos a melhor, e única solução, é pedir para que o cliente te mande a fonte.
Mas o melhor mesmo é utilizar fontes profissionais e deixar de utilizar fontes gratuitas que se acham na intenet. Pense um pouco, porque será que alguns dão de graça e outros cobram pelas fontes? Algum motivo deve ter! :)
Boa sorte.
Vitor Vicentini

Anônimo disse...

Olá Vitor!
Preciso de uma orientação..
Ok, lendo os outros posts endendi q as fontes TrueType são problemáticas.. mas veja vc sabe me dizer especificamente o q acontece com a seguinte situação: Tenho um arquivo q foi passado do PageMaker para o InDesign.. com Arial Narrow regular.. no entanto o resultado da impressão para as fontes é totalmente diferente, a versão q sai do PM apresenta uma típica Arial Narrow, fina, delicada, e um pouco condensada.. já a versão do InDesign, fica um pouco bold, um pouco achatada.. enfim.. tentei deletar a versão A.N. negrito do catálogo de fontes para ver se era isso q estava interferindo, aí a fnte passou para itálico.. Instalei outras versões de A.N. regular, mas msm assim a modificação persiste. Conto sua ajuda, abraço. Kely Simas -kelsimas@yahoo.com.br

Vitor Vicentini disse...

Keli,
O PM tinha uma maneira de tratar as fontes parecida com a do Word, mesmo se a fonte não tivesse bold ou italic o PM aplicava a variação. A arial narow é uma fonte antiga, daquele tempo. Você conseguiu uma versão open type dessa fonte? A única alternativa é conseguir uma versão open type remover a fonte antiga e configurar o InD para usar a nova fonte. Remova todas as versões de arial da sua máquina e instale uma versão open type, isso deve resolver.
boa sorte.
Vitor Vicentini

Gustavo Rafael Cortazzo disse...

Oi, Vitor...
Antes de tudo parabéns pelo Blog...
Cara, gostaria de fazer uma pergunta: Temos um cliente aqui na agencia, que encomendou um rotulo de um design la dos EUA. Ele no smandou o arquivo em ilustrator, e mandou tambem as fontes. As fontes São postscript, mas não consigo instalar de maneira nenhuma aqui no mac. Tentei pelo gerenciador de fontes do proprio mac, e como nao deu certo, tentei pelo suitcase... mas nao deu nennhum dos 2. Se puder me ajudar.. muito obrigado!

Vitor Vicentini disse...

Gustavo,
As fontes postscript possuem versão para PC e Mac. Se você não está conseguindo instalar nem com o suitcase com certeza são de PC.
Você pode procurar a versão para Mac ou, em último caso, utilizar um conversor para salvar no formato Mac. Mas isso só mesmo em último caso, essas conversões sempre apresentam problemas. O melhor seria achar a versão Open Type dessas fontes e instalar no Mac.
Boa sorte.
Vitor Vicentini